O primo Jair

A minha vida tem andando numa maré meio Down sabe ? Naquelas que você vende o almoço pra pagar a janta. So que.  No tienes almoço. Dai eu tô no banco. Buscando lá no fundo aquele riso amarelo tentando convencer a gerente da minha conta que vale a pena o banco me emprestar mais dinheiro. Que é SUPER vantajoso pro banco me emprestar dinheiro pra pagar aquele OUTRO empresto que eu peguei pra pagar o anterior. #RISOS.

Matutava eu sobre a melhor a estrategia quando alguem me chama por um nome que automaticamente me joga 20 anos pro passado. Meu apelido de infancia. Quem diabos e essa pessoa estranha que sabe que eu já fui AQUELA pessoa do apelido? O primo Jair. Eu gosto de homens loiros. Grandes. Masculos. De abdomem escandalosamente sarado. Se vc pensou em Kellan Lutz acertou. O primo jair, ou melhor Branquinho era desse naipe. 2 mts de altura. Olhos profundos da cor do oceano. Sorriso de quem foi tratado na infancia com maça e leite. Era alguns anos mais velho que eu. A sensaçao da praia onde morava. Todas as primas apaixonadas por ele. Surfista. Lindo. Eterno. Na epoca eu era moleque demais pra ter fantasias de qualquer natureza que fosse. Mas anos depois ao pensar nas minhas preferencias acabei concluindo que o Branquinho sempre foi o ideal de homem perfeito. O tempo passou. o branquinho curtiu, bebeu, casou. Embarangou. Duas ex mulheres. 4 filhos. Desempregado. Dai ele começa a contar de si. E eu penso que talvez não seja tao dificil assim arranjar aquele convincente sorriso amarelo pra gerente

Anúncios

One comment on “O primo Jair

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s