Do processo de negaçao.

Esse post nao é sobre voce. Nao é sobre como foi tudo facil quando voce se descobriu gay e foi alegre e saltitante compartilhar as boas novas com sua familia. Que vibrou e aplaudiu a ideia de ter um filho gay dentro de casa. Tambem nao é como foi bacana a festa de arromba que seus amigos deram quando voce contou pra eles.  Aquele momento magico onde voce com a ajuda da diretora do seu colegio mostrou pra sua sala que a convivencia e possivel e plenamente aceitavel, nunca aconteceu. Voce vai achar que eu to inventando. Mas esse mundo que você vive nunca me foi apresentado. O mundo que eu vivo tem uma  ideia um tanto mais escuro sobre coisas coloridas demais.  Dai as pessoas que vivem no meu mundo nao acham tudo tao facil assim como voce acha. Eu, sei. Nós estamos errados em não viver no seu mundo. Mas a passagem pra ele é um pouco cara demais. Sonho e Fantasia nunca é barato em lugar nenhum.

Dai eu conheço um monte de gente que lida muito  mal com tudo. Eu lido mal. Acredite. Eu me esforço pra achar que nao é um problema ser gay.  Mas o mundo  que só conhece preto/branco que me foi apresentado nao ta muito a fim de saber de cores. Nem no arco-iris. Que dira na vida sexual das pessoas.

Me escapa porque isso é tao importante pra esse mundo onde infelizmente eu vivo. Me escapa porque nos momentos de raiva, discussão ou desentendimento  isso é a primeira coisa que conta pra todo mundo. ” alá a bichinha atacada”

Acredite. Eu nao sou uma pessoa fraca. Sou magrelo,  mas faço um barulho dos diabos. Mas eu to meio cansado. De brigar com o mundo. De sempre, sempre, sempre ter que me posicionar. Eu acho que nao tenho ENERGIAS mais pra brigar com ninguem por causa disso. Nem comigo mesmo. Que dirá com os outros.

Dai eu meio que desisti.

O sindico do meu prédio e um ser doente.

O tipo de pessoa que ofende com palavras de baixo calão uma senhora semi paralitica de 86 anos.

Desse naipe a pessoa.

Dai outro dia sabe-lá deus porque começamos uma discussão. Dai ele disse que eu precisava era de homem.

Eu sou uma pessoa de sangue quente. Eu não costumo ter medo de confrontos. Como já falei aqui. Eu tive que aprender a brigar pra sobreviver. Num outro momento eu JAMAIS deixaria algo dessa natureza barato.

Algo inexplicável aconteceu então. Toda a raiva que eu tava do sujeito simplesmente desapareceu. Eu literalmente tirei o meu time de campo.

Sorri,  disse que ele tinha razao e dei as costas.

Me recuso  a continuar nessa vibe. Me recuso a deixar que os outros determinem como eu vou ou não agir. Me recuso a deixar que toda essa energia suja se apodere da minha vida. me recuso a me contaminar  desse rancor que tanto envenenou a minha minha vida.

ME NEGO. ME NEGO. ME NEGO. ME NEGO. ME NEGO. ME NEGO. ME NEGO. ME NEGO.

Anúncios

One comment on “Do processo de negaçao.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s