A Sociedade Perdeu o Comofass dos Relacionamentos.

Sou bonita, sou bonita. sou uma bicha que acredita

Nany People é uma pessoa impar. Tem aquela sabedoria que só as ruas trazem. Como sofreu muito é solidaria ao sofrimento alheio. Como viveu nas ruas não e exatamente o tipo de pessoa que faz drama. Ou se vitimiza. Se é pra baixar o nível, vamos lá. Baixemos.  Nem todo mundo curte. Daí ela estava falando sobre o Dudu Pelizari no programa Hoje em Dia. E falou da falta de limites. Da falta de ouvir não. Onde os valores estão totalmente corrompidos. Quem é ético é babaca. Quem abraça é otário. Quem estende a mão é idiota. Daí ela falou algo que eu achei sensacional. Que pra essa geração o importante e ter o celular mais caro e descolado.  Que não precisa colocar credito. Você liga a cobrar é o outro que se dane.

A gente sempre dá um jeito de passar a conta pro outro pagar.

A conta do celular. A conta das frustações. A conta das amizades. A conta dos relacionamentos.

Por que eu vou pagar por algo sendo que é possível ter de graça? Em casa. Na internet. Na vida.

E dai ninguém se relaciona mais. Esperando que o outro tome a iniciativa. E o outro não toma. Por que também esta esperando. Num circulo eterno.

E a gente sempre espera que o outro seja perfeito. E a gente esquece que pessoas perfeitas se relacionam com pessoas perfeitas. E oi? Você não e perfeito amiguinho. Então você vai dançar.

Pare pra pensar. Quanto tempo você investiu nas pessoas que você quer na sua vida?

Muito pouco, provavelmente.

Se relacionar requer um esforço mutuo e continuo. Você não cria vínculos verdadeiros com ninguém não investindo o seu tempo, o seu melhor cabelo, o seu melhor galanteio, aquele sorriso maroto, a sua inteligência. Você.

Quanto mais próximo esse relacionamento for, mais empenho vai ser necessário.

E por isso que eu acho que os relacionamentos de forma geral tem sido uma decepção pra todo mundo. Falta empenho. Existem chamadas. Mas sempre são a cobrar.

Fazendo uso da frase da Nanny, você pode ser um celular badalado e caro. Mas ao me ligar, por favor, ponha créditos. Eu vou adorar falar com você. Mas vou adorar ainda mais ao saber que você também está se empenhado pra falar comigo.

Me liga.

Anúncios

10 comments on “A Sociedade Perdeu o Comofass dos Relacionamentos.

  1. Nossa!
    Ahazou, ANdré!
    E exatamente como eu sinto as pessoas hj em dia.é tão difícil sentir profundidade nas pessoas.É td tão descartável.Como celular memso.Aparece um + moderno, mais bacaninha, troca-se.Memso q o seu velho funcione.As pessoas te descartam como se vc fosse um celular velho.Ngm te considera, ngm tah disposto a entender seus motivos.Essa “preguiça” de se relacionar com as pessoas é puro egoísmo, q só vai fazer mal a elas.Nom, fim d tudo estarão sozinhas.Tenho umas amigas d anos.Até + de 10.E como vc disse , é um esforço mútuo e contínuo pra manutenção da amizade(isso sem falar q nosso contato é diário!).Sendo assim, estamos seguindo mt bem e felizes =)

    Bjus, gacto!

  2. Vou quebrar um compromisso que fiz comigo mesma, de só comentar nos blogs de blogueiros que comentam no meu, porque o texto está tão bom que se torna irresistível opinar.

    Excelente reflexão! Muita gente só olha o próprio umbigo, nem um palmo além. Felizmente, eu invisto muito nas pessoas de quem gosto, porque sou do lema: quem ama, cuida.

    beijooo

  3. André.
    como sempre, arrasou!
    É como diz a oração, as pessoas se preocupam com o “venha a nós o vosso reino”, mas não querem ceder um milímetro. E relacionamento é uma via de mão dupla.
    ótimo texto, querido!
    beijo
    @marinha

  4. Parbéns, seu texto é maravilhoso e totalmente verdadeiro. Que dificuldade tem as pessoas em investir em seus relacionamentos e aqueles que se dedicam a isso, são considerados piegas ou sentimentais demais.
    Mas espero que abram os olhos antes de se verem totalmente sós.
    Meus parabéns

  5. Adorei seu texto, menino! 🙂
    Mas, saiba que eu – e você e todo mundo – sou a junção do meu tempo, do meu melhor cabelo, do sorriso, da inteligência, de todo o resto. Somos isso para sermos diferentes porque, em essência, somos todos iguais (só é diferente, na essência, quem tenha alguma patologia mental)

    Bom, eu sou do tipo que toma iniciativa, mas confesso que não sou de gastar muito tempo em alguém que quero para minha vida toda, até porque nada ficou para minha vida toda e…ahhhh isso já é motivo pra outro post e outro comentário rs

    Beijo seu lhénds

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s